E se os sonhos fossem a nossa verdadeira realidade? Enquanto a vida fosse irreal, fruto de uma noite agitada?

Quando você menos perceber estará acordando novamente, terá 5 anos de idade e estará sendo embalado serenamente por sua mãe. Tudo não passou de um pesadelo. Ou seria um sonho? Ela dirá com um sorriso no rosto que tudo irá ficar bem e que não é preciso se assustar, afinal aquilo não existiu.

Como saberíamos? Como você pode saber? Quem é capaz de medir a linha infinita e invisível que perdura entre os sonhos e a realidade? Você é capaz de delimitá-la? Quando você menos perceber poderá acordar na vontade de correr pelo quintal e ouvir as longas histórias de seu avô.

Cris Sasse











“Para dizer a verdade, não conheço nem uma pessoa que esteja ansiosa por deixar as pequenas alegrias desta vida para gozar eternamente a felicidade celestial perfeita.”

— Rubem Alves







Cheguei na conclusão de que chegamos aqui sozinhos, e sairemos também sozinhos. Isso é velho e clichê, eu sei. Já foi dito por tantas e tantas pessoas. Mas, dessa vez estou dizendo por mim mesma.
Cris Sasse

Cheguei na conclusão de que chegamos aqui sozinhos, e sairemos também sozinhos. Isso é velho e clichê, eu sei. Já foi dito por tantas e tantas pessoas. Mas, dessa vez estou dizendo por mim mesma.

Cris Sasse